Bem-Vindos!

Breaking News
recent

Placar pequeno, porém uma derrota vergonhosa



Não há muito o que comentar sobre a patética atuação do Chelsea hoje contra o Manchester City no Etihad Stadium, que lhe rendeu mais uma derrota e a equipe londrina segue fora do Top 4 da Premier League e vê cada vez mais distante a vaga para a próxima edição da UEFA Champions League. Adotando uma postura totalmente defensiva, Antonio Conte ainda sacou um dos centro avantes para começar com Eden Hazard de falso 9. Isso já está irritando. Esse tipo de função não só limita o nosso melhor jogador como também faz o time perder poder de fogo pelos lados, já que Eden é uma grande arma pelo lado esquerdo. Quem é obrigado a assistir Pedro errar tudo prefere não ter olhos. O time ainda não tinha N'Golo Kanté, que ficou doente em cima da hora e com isso, Danny Drinkwater e Cesc Fàbregas fizeram a dupla de volantes dos Blues. Dois caras que são mais passadores do que marcadores, e mesmo assim o time não conseguia sair jogando direito diante da fortíssima marcação imposta pelo time de Pep Guardiola. O Manchester City chegou a ter por volta de 80% da posse de bola no primeiro tempo, porém ainda assim, a defesa do Chelsea resistia firme. A única grande chance na primeira etapa foi com um chute que César Azpilicueta salvou em cima da linha. A expectativa então era de continuar resistindo à pressão do City no segundo tempo, mas caiu por terra quando David Silva cruzou para Bernardo Silva na segunda trave, livre, desviar pro fundo da rede no primeiro minuto da segunda etapa. Falha de Andreas Christensen que afastou mal a bola, porém mais falha ainda de Marcos Alonso, que deixou Bernardo livre.

Mesmo sofrendo o gol, Antonio Conte ainda demorou demais para mexer na equipe, parecendo que estava satisfeito em perder de pouco. Quando resolveu mexer, mexeu mal. Olivier Giroud entrou no lugar de Willian e Emerson Palmieri entrou no lugar de Pedro. Depois, mais uma vez tirou Eden Hazard, o melhor jogador do time, e colocou Álvaro Morata. Mas de nada adiantou. O time não conseguia fazer as jogadas fluírem. Marcos Alonso teve a melhor chance do jogo já nos acréscimos, chutando de fora da área e passando perto da trave. Final de jogo, um partida totalmente dominada pelo City e outra derrota. Um resultado péssimo que deixa o Chelsea 5 pontos atrás do quarto colocado Tottenham. O próximo jogo do Chelsea é no sábado contra o Crystal Palace.
Arthur Cavalcanti

Arthur Cavalcanti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chelsea. Tecnologia do Blogger.