Bem-Vindos!

Breaking News
recent

Em aniversário do clube, Chelsea vence o Crystal Palace


Em seu aniversário de 113 anos, o Chelsea jogou um bom futebol diante do Crystal Palace em Stamford Bridge e o placar não foi tão bom como poderia ser, mas pelo menos o time da casa saiu com a vitória e continua na briga por uma das vagas do G4. Buscando dar uma mudada de leve para melhorar o rendimento, Antonio Conte decidiu usar um centro avante e colocou Olivier Giroud como titular, sacando Pedro. N'Golo Kanté voltou depois de ter perdido o último jogo porque desmaiou em um treinamento nas semana passada e com isso, a proteção ficou mais forte. Além disso, Davide Zappacosta ficou no lugar de Moses e a opção ofensiva foi muito melhor. O primeiro tempo foi totalmente do Chelsea, criou e atacou bastante, mas as finalizações não eram tão precisas. É verdade que o Chelsea chutou 7 vezes no gol na primeira etapa, mas os chutes não saíam com perfeição e o goleiro Hennessey defendia tranquilo. Willian chamava o jogo, como sempre, e foi graças a ele que finalmente abrimos o placar, com um chute de fora da área que morreu no cantinho do goleiro.

Não muito tempo depois, os Blues aumentaram o marcador com um belo contra ataque puxado por Marcos Alonso, que cruzou e Willian fez o corta luz, Hazard deu a bola para Zappacosta encher o pé e o zagueiro Kelly desviou contra o próprio patrimônio. Facilmente o Chelsea poderia ter feito mais gols na primeira etapa, mas não aproveitou, como por exemplo em um lance que Eden Hazard tocou para Giroud livre na área, o atacante bateu e o zagueiro Tomkins salvou em cima da linha. Na sequência, Hazard fez um gol, mas a arbitragem marcou impedimento. No segundo tempo, o treinador do Crystal Palace, Roy Hodgson, colocou Wilfried Zaha no lugar de Christian Benteke, o que deixou o ataque dos Eagles mais móvel. Essa mobilidade logo fez o time visitante carimbar a trave com o norueguês Alexander Sørloth com dois minutos da segunda etapa. Então o Chelsea resolveu responder e quase marcou o terceiro em contra ataque puxado por Willian por quase o campo todo, o brasileiro tocou em Giroud, que devolveu e o camisa 22 chutou, mas Tomkins de novo agiu como goleiro e salvou a equipe do Crystal Palace. O Chelsea ainda poderia ter feito de novo quando Thibaut Courtois bateu um tiro de meta e com um simples toque, Giroud deixou Hazard na cara do gol pela esquerda, o belga bateu e a bola explodiu no goleiro. Giroud continuava a ser participativo no jogo e depois de receber passe de Marcos Alonso na área, pegou de primeira e carimbou a trave. Até que chegou o momento de sua saída para Álvaro Morata vir a campo. Os times foram fazendo as outras substituições e aí o jogo esquentou. A esquentada ainda aumentou quando os jogadores passaram a se estranhar em campo minutos depois de o Crystal Palace ter um gol anulado de forma polêmica e que até agora ninguém sabe o que foi marcado.

Namorando com o perigo, o Chelsea passou a receber investidas do Palace e Patrick Van Aanholt, ex-lateral dos Blues, escapou pela esquerda e diminuiu o placar nos minutos finais. Os acréscimos ainda deram um leve drama na partida, mas não foram suficientes para alterar novamente o placar. Final de jogo e vitória do Chelsea, que agora se concentrará para enfrentar o Barcelona na quarta-feira em um jogo decisivo pelas Oitavas de Final da UEFA Champions League.
Arthur Cavalcanti

Arthur Cavalcanti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chelsea. Tecnologia do Blogger.