Bem-Vindos!

Breaking News
recent

Work Hard, Play Hard - A mágica de Antonio Conte



Talvez ainda seja cedo para isso e talvez seja uma nova espécie do "EMPOLGOU", mas temos que falar sobre alguns frutos que Antonio Conte vem colhendo ultimamente no Chelsea e como sua mentalidade é a principal responsável por isto.

Quando chegou, Antonio Conte se deparou com um time abatido e fora de forma pela campanha fracassada da temporada anterior e ainda não teve os reforços que desejava. Porém, mesmo diante disso, o italiano implantou sua filosofia de que as conquistas vêm através do trabalho duro e vem conseguindo grandes resultados.

Logo depois de um começo bom, vieram alguns resultados ruins, como o empate com o Swansea e as derrotas para Liverpool e Arsenal, e isso deixou claro que algo precisava ser feito para corrigir este problema. E durante a derrota para o Arsenal, Conte resolveu fazer um teste e gostou do que viu. Experimentando uma nova formação, o time parou de sofrer naquela partida e o treinador achou que deveria utilizá-la na partida seguinte.


Contra o Hull City, foi o teste dos 90 minutos utilizando o 3-4-3. A vitória veio e Conte fixou esta formação nos jogos seguintes até agora. Azpilicueta, que é lateral, passou a ser zagueiro e está jogando bem na função. E Victor Moses, outrora renegado pelos torcedores, inclusive por este que vos fala, que achavam que não era jogador para nível do Chelsea, vem sendo um dos que mais dão sangue pelo time e cada vez mais se firma como titular.



Outra surpresa agradável é Marcos Alonso. O lateral esquerdo espanhol chegou e aos poucos parece estar se tornando titular absoluto da equipe. Sua assistência para Pedro no primeiro minuto de jogo contra o Manchester United é a prova disso.

Criticado pela temporada apagadíssima em 2015/2016 e cogitado a deixar o clube na última janela, Nemanja Matic agora é um dos principais nomes desse time do Chelsea. Ele é o que alguns chamam de "motor" da equipe. A nova formação cai bem com estilo de jogo do sérvio e ele tem mostrado isso com desarmes e assistências.

Se na temporada passada as nossas principais estrelas estavam sem brilho, agora suas luzes estão intensamente radiantes. Estou falando de Eden Hazard e Diego Costa. Como estão jogando! Diego Costa é o atual artilheiro da Premier League com 8 gols em 10 rodadas e Hazard também figura no top 10 com 5 gols.

E se temporadas atrás, nós reclamávamos que os jovens eram pouco utilizados no time, agora a história é outra. Nathaniel Chalobah parece ter um lugar reservado nos planos de Conte para o futuro. Volta e meia, o jovem ganha oportunidades de jogar e agrada bastante. Outro jovem que ganhou alguns minutos de jogo recentemente é Ola Aina e o lateral não tem decepcionado. E ainda outros meninos tem aparecido no banco de reservas e podem entrar a qualquer momento, como Dominic Solanke e Ruben Loftus-Cheek, este que foi bem utilizado na temporada passada.

A prova de fogo desse time veio na partida contra o Manchester United, que era um jogo marcado pelo duelo contra José Mourinho, ex-treinador do Chelsea e que agora comanda os Red Devils,  também era o duelo de dois treinadores "gênios" da tática. Logo com 1 minuto de jogo mostramos nosso poder, com gol de Pedro. A partida foi tão perfeita que até N'Golo Kanté fez seu primeiro gol com a camisa do Chelsea, fechando o placar de 4-0.


Até David Luiz, que não era o principal alvo do Chelsea para a defesa na janela de transferências, vem agradando. Bem postado em campo, seguro e um dos motivadores do time em campo, o zagueiro dos cachos agora é titular absoluto da zaga e talvez nem a lenda John Terry consiga tirá-lo da titularidade.

Agora o Chelsea volta a ser páreo duro para os times da Premier League. Com 4 vitórias consecutivas e sem sofrer gols, sobre Hull City (2-0), Leicester (3-0), Manchester United (4-0) e Southampton (2-0), os Blues estão em 4° lugar e a 1 ponto da liderança. E por falar em não sofrer gols, isso também nos dá espaço para falar sobre Thibaut Courtois, que era um pouco criticado por falta de clean sheets, mas em boa parte a defesa não ajudava. Agora o belga tem 6 clean sheets consecutivos, contando os 2 com a seleção da Bélgica.

Tudo isso só foi possível graças a uma pessoa: Antonio Conte. O processo de recuperação da equipe era uma das tarefas mais difíceis que o italiano tinha e já vem colhendo resultados logo no começo. A jornada ainda é longa, mas não há como não se maravilhar com o que estamos vendo o nosso treinador fazer.
Arthur Cavalcanti

Arthur Cavalcanti

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chelsea. Tecnologia do Blogger.