Bem-Vindos!

Breaking News
recent

Em jogo cheio de homenagens, Chelsea joga bem e vence


Nesta oitava rodada de Premier League, o Chelsea recebeu em seus domínios aqueles que foram campeões temporada passada. Com vários desfalques como Ivanovic, Fàbregas, Oscar e Willian, Antonio Conte improvisou e armou sua equipe num 3-4-3. A partida teve como marca, os blues com uma faixa preta no braço esquerdo, homenagem para Willian que perdeu sua mãe ainda nesta semana. Vamos ver como foi esse jogo, e como os azuis de Londres se comportaram.

Creio que este foi o melhor primeiro tempo do Chelsea na temporada até aqui. Os atletas pressionavam os oponentes de maneira fantástica, sem deixar com que os mesmos saíssem jogando, já que a proposta do Leicester era essa, se defender e então num contra-ataque resolver a partida. Entretanto, foi martelando que os blues conseguiram seu gol. Aos 7’ minutos, Matic tocou de calcanhar em uma cobrança de escanteio, a bola por sua vez procura o goleador e Diego Costa apenas fuzilou com a perna esquerda, abrindo o marcador em Londres. Na comemoração, fez um “W” com os dedos, dedicando o gol ao parceiro Willian.

Em diante o Chelsea somente melhorou. Manteve a posse de bola e criava jogadas perigosas com seus pontas. Tanto que em um lance todo atrapalhado, pôde ampliar o placar para dois a zero. Aos 33’ minutos Pedro recebeu mais a frente, mas acabou tropeçando, mesmo no chão o espanhol chutou a bola que bateu em Hazard, por sorte ela toca em sua cabeça e o belga consegue colocar na frente, com categoria apenas dribla Schmeichel e então empurrar para o fundo das redes. O camisa 10 festeja com a torcida e sai fazendo o número “22” com os dedos, gol que dedicado ao seu amigo Willian.

O Leicester não conseguia impor o seu jogo, nem mesmo no segundo tempo. Houve até momentos que o time de Ranieri tentou jogar, já que o Chelsea não conseguia manter aquele sistema intensivo de pressão. Porém, as tentativas eram falhas, acabavam não resultando em nada.

Conte por sua vez, deu oportunidade aos jovens que estavam no banco. Chalobah, Loftus Cheek e Aina vieram para o jogo na segunda etapa, um deles até teve participação para que acontecesse o três a zero. Moses começou a jogada pela direita, fez uma tabela com o garoto Chalobah que devolveu de calcanhar, o nigeriano apenas deslocou o goleiro e saiu para comemorar, a partida estava liquidada durante os 80’ minutos da segunda etapa.

Uma espetacular apresentação do Chelsea hoje. Parece que esse jeito “Antonio Conte” está começando a funcionar em um clube que não sofria mudanças em seu jeito de jogar há um bom tempo. O esquema de três zagueiros mostrou-se forte, Azpilicueta, David Luiz e Cahill não foram exigidos. Já no meio campo, destaque para N’Golo Kanté e Marcos Alonso que destruíram, neutralizaram completamente as ações do Leicester. Matic e Pedro fizeram uma partida okay, enquanto que Hazard, Moses e Diego Costa levam um crédito a mais pelos gols que marcaram.


Nosso próximo compromisso é em Stamford Bridge mesmo, no entanto, enfrentaremos a equipe de José Mourinho, o Manchester United no próximo domingo (23).

FICHA TÉCNICA

Local do Jogo: Stamford Bridge (Londres, Inglaterra) -  Público: 41.547
Data: 15/10/2016
Placar: Chelsea 3 x 0 Leicester - Premier League (8ª Rodada)
Gols: Diego Costa, 07'; Hazard, 33' e Moses, 80'
Arbitragem: Andre Marriner (Árbitro); Simon Beck e Andy Garratt (Assistentes); Stuart Atwell (Quarto Árbitro).
Cartões: Azpilicueta (Amarelo) - Huth (Amarelo)
Chelsea: Courtois; Azpilicueta, Cahill e David Luiz; Moses (Aina, 82'), Kanté, Matic e Alonso; Pedro (Chalobah, 68'), Hazard (Loftus-Cheek, 82') e Diego Costa.
Leicester: Schmeichel; Hernández, Morgan, Huth e Fuchs; Drinkwater, Amartey, Schlupp (Mahrez, 67') e Albrighton (King, 74'); Musa (Slimani, 67') e Vardy.
Everton Renes

Everton Renes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chelsea. Tecnologia do Blogger.