Bem-Vindos!

Breaking News
recent

Chelsea massacra o Arsenal com show de Eden Hazard


Digamos que neste sábado, a Inglaterra parou para acompanhar um dos maiores clássicos do país. Chelsea e Arsenal se encontravam na terra da Rainha para escrever mais uma história em seus confrontos. Os blues comandados por Antonio Conte queriam manter sua liderança cada vez mais perto de si e claro, afastar aqueles que podem atrapalhar suas chances de conquista. Já o Arsenal se apresentou com um desfalque na beira do gramado, Wenger cumpria suspensão e não poderia passar instruções aos seus jogadores. Vamos ver no papel como foi o embate entre os dois londrinos.

Os gunners até tentaram intimidar os donos da casa nos primeiros cinco minutos de partida. Após jogadas que não resultaram em nada, o Chelsea resolveu sair para o jogo. Podemos destacar nossos pontas que estavam muito bem no jogo, Pedro e Hazard destruíam seus oponentes com habilidades incríveis, enquanto que a defesa passava segurança, Courtois um monstro em baixo das traves.

Nosso primeiro gol não demorou a sair. Pedro cruzou pela direita, Diego Costa se antecipou e com uma cabeçada, estourou o travessão de Petr Cech. A bola ainda ficou no ar, e na disputa, Marcos Alonso veio como um carro em alta velocidade, colocando a mesma para o fundo das redes, estava aberto o placar em Stanford Bridge. No lance, Bellerín caiu de mal jeito e teve que ser substituído por Gabriel Paulista. Desde o gol até o final do primeiro tempo, só deu Chelsea. Os blues foram para o vestiário com a vantagem em baixo dos seus braços, era apenas administrar que os três pontos estavam garantidos.

Para o segundo tempo, nenhuma equipe mexeu, ambos continuaram com os mesmos jogadores e o mesmo esquema tático. Quero chamar a atenção e destacar a atuação Eden Hazard. É incrível que quando o belga não faz uma exibição digna do seu talento, no próximo jogo o moleque adora destruir. Acabando com os zagueiros e com todo o sistema tático, o camisa dez veio carregando a bola desde o meio campo, imparável, quase quebrou a coluna de Koscielny dentro da área, e com a frieza de um Ronaldo Fenômeno, apenas definiu, sem chances para Cech, o Chelsea chegava fácil ao seu segundo gol no combate.

Perto do final, nosso ex goleiro ainda deu uma bola de presente para Cesc Fàbregas, o espanhol com muita categoria encobriu o guarda redes, anotando o terceiro gol do Chelsea na partida. O camisa quatro decidiu não comemorar já que foi revelado pelo Arsenal. Giroud ainda conseguiu descontar para os gunners que mesmo com o gol, saíram derrotados de Stanford Bridge. Özill e Sánchez foram jogadores do Chelsea nessa partida, apáticos e muito apagados.

O Chelsea só volta a campo no domingo (12) contra o Burnley, jogo fora de casa. Uma partida em que podemos sair com três pontos facilmente, mas, nunca devemos subestimar tanto os adversários na Premier League, tendo em vista que esta mesma equipe já prejudicou gigantes.


FICHA TÉCNICA

Local do Jogo: Stamford Bridge (Londres, Inglaterra) - Público: 41.490
Data: 04/02/2017

Placar: Chelsea 3 x 1 Arsenal -Premier League (24ª Rodada)
Gols: Alonso, 13'; Hazard, 53' e Fàbregas, 85' - Giroud, 90'+1
Arbitragem: Martin Atkinson (Árbitro); Stuart Burt e Adam Nunn (Assistentes); Stuart Attwell (Quarto Árbitro).
Cartões: Matic (Amarelo) - Mustafi (Amarelo)
Chelsea: Courtois; Azpilicueta, David Luiz e Cahill; Moses (Zouma, 88'), Kanté,Matic e Alonso; Pedro (Willian, 84'), Hazard (Fàbregas, 84') e Diego Costa.
Arsenal: Cech; Bellerín (Gabriel Paulista, 17'), Mustafi,Koscielny e Monreal; Coquelin (Giroud, 65'), Chamberlain, Walcott, Özil (Welbeck, 70') e Iwobi; Alexis Sánchez.
Everton Renes

Everton Renes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chelsea. Tecnologia do Blogger.